Categoria: Concursos no horizonte

TCE/CE em fase final de preparação do seu novo concurso público. Edital deverá ser lançado em breve!

comentários Compartilhe:

TCE

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE/CE) está em fase final de preparação de seu novo concurso público para provimento de vagas para nível médio e superior com remuneração inicial de R$6.278,54 para os técnicos e R$7.879,57 para analistas. Já para os cargos de auditor e procurador, os salários iniciais são de R$26.589,68 e R$25.260,20, respectivamente.

A carga horária de Analistas e Técnicos de controle externo é de 30 horas semanais. Em ambos os cargos há auxílio alimentação, atualmente no valor mensal de até R$ 350,00.

O órgão está fazendo os últimos acertos com a Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do certame, para que o edital seja lançado o mais breve possível. Segundo a chefe de recursos humanos do tribunal, Viviane Mont’ Alverne Rodrigues, apesar de não ter sido liberado, o concurso deverá se realizar tão logo os ajustes finais sejam definidos.

Inicialmente, a expectativa era que o edital fosse publicado até o mês de dezembro de 2014, no entanto, com o atraso nas negociações, possivelmente o documento seja publicado já nas próximas semanas. Serão ofertadas 47 vagas para preenchimento imediato, sendo 35 para o cargo de Analista de Controle Externo, 10 para Técnicos de Controle Externo, 1 para auditor e 1 para procurador.

Últimos concursos

O último concurso para os cargos de procurador e auditor foi realizado no ano de 2006 para provimento de 6 vagas, destas, 2 (duas) vagas foram destinadas para portadores de necessidades especiais.

TCE-CE_ultimo_concurso_procurador

Para concorrer ao cargo de Auditor, era necessário o candidato, dentre outros requisitos, ter idade entre 35 e 65 anos e possuir na data da inscrição, mais de 10 (dez) anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional que exija notórios conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública.

Já para o cargo de Procurador, era exigido graduação no curso de direito com diploma expedido por instituição de ensino superior devidamente reconhecida pelo MEC e, possuir no mínimo 3 (três) anos de atividade jurídica comprovada.

O último concurso realizado no ano de 2008 foi para provimento de 60 vagas de Analista de Controle Externo, distribuídas da seguinte forma:

TCE-CE_ultimo_concurso_analista

 

Muito bem! Com estas últimas informações, a publicação do edital é iminente. Portanto, quem pretende concorrer a um dos cargos, deve, caso ainda não esteja fazendo, começar a se preparar desde já. Concursos desta natureza exigem muita disciplina e dedicação do candidato.

Pensando nisto, vamos dar uma olhada no conteúdo programático dos concursos anteriores?

O concurso realizado em 2006 para os cargos de Auditor e Procurador, foi dividido em 4 etapas:

- Prova de Conhecimentos Específicos I;

- Prova de Conhecimentos Específicos II;

- Prova Oral;

- Avaliação de Títulos.

A prova objetiva para ambos os cargos foi composta por 120 questões de múltipla escolha, com 5 alternativas cada, assim distribuídas:

Auditor

TCE-CE_ultimo_concurso_analista_auditor_provas

Procurador

TCE-CE_ultimo_concurso_analista_procurador_provas

No concurso realizado em 2008 para os cargos de Analista, as provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos foram aplicadas da seguinte forma:

TCE-CE_ultimo_concurso_analista_provas

Com base nestas informações, já é possível traçar um plano de estudos antes mesmo da publicação do edital. Como a organizadora será a mesma, provavelmente o conteúdo programático não terá grandes alterações.

Uma dica importante para auxiliá-los na preparação é dedicar um tempo dos estudos para resolução de questões das provas anteriores, já que é comum a FCC repetir questões.

Bons estudos!!

Com informações do Jcconcursos

comentários Compartilhe:
Categoria: Notícias

Aprovada em concurso para juíza federal, ex-miss DF tomará posse do cargo hoje

comentários Compartilhe:

missDF

Alessandra Baldini, eleita Miss Distrito federal em 2011, foi aprovada no concurso para juíza de direito do Tribunal Regional Federal da 1ª Região e tomará posse do cargo hoje, dia 30 de janeiro.

A jovem, com apenas 28 anos de idade, traz na bagagem a aprovação em mais cinco concursos públicos: Analista do STJ e do STF, Especialista em Regulação da Anac, Defensora Pública do DF e Procuradora do Banco Central.

Alessandra diz que para conquistar o tão sonhado cargo de juíza, por dois anos deixou de sair de casa e passou a estudar nove horas brutas por dia, equivalente a seis horas líquidas. Além disto, contava com a ajuda de um coach que havia contratado para auxiliá-la na preparação.

A Miss, que diz já ter sofrido muito preconceito em razão de sua beleza quando era modelo e principalmente na faculdade, diz que isto não atrapalhou seu desempenho.

Com informações da Veja

comentários Compartilhe:
Categoria: Concursos no horizonte

DPU define organizadora de seu novo concurso público para nível médio e superior

comentários Compartilhe:

DPU_logo

Uma excelente notícia para quem está aguardando o novo concurso público da Defensoria Pública da União (DPU). O órgão divulgou na última quarta-feira (28) o Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe/UnB) como organizadora de seu novo certame. O contrato já foi assinado e a expecttiva é que o edital seja lançado em breve.

A princípio, o concurso será destinado à formação do cadastro de reserva, no entanto, segundo a assessoria de imprensa do órgão, há possibilidade de serem ofertadas vagas imediatas para alguns cargos. O concurso contemplará possivelmente os mesmos cargos do último concurso realizado em 2010 para nível médio e superior, com salários iniciais de R$3.191,02 e R$4.620,82 respectivamente, por uma carga horária de 40 horas semanais.

Para nível médio, as oportunidades serão para os cargos de Agente Administrativo e para nível superior, poderá haver oferta de vagas para os cargos de Analista Técnico Administrativo, Arquivista, Assistente Social, Bibliotecário, Contador, Economista, Psicólogo, Sociólogo, Técnico em Assuntos Educacionais e Técnico em Comunicação nas áreas de jornalismo, relações públicas e publicidade e propaganda.

Ainda não há informações sobre previsão da data de lançamento do edital, quantitativo de vagas a serem ofertadas e a data de início das inscrições, no entanto, o valor da taxa de inscrição já está definido. Para nível médio será de R$70,00 e R$100,00 para nível superior.

Último concurso

O último concurso realizado em 2010, também organizado pelo Cespe, contabilizou 83.877 mil inscritos na disputa por uma das 311 vagas, gerando uma concorrência média de 270 candidatos por vaga.

Somente para o cargo de Agente Administrativo, foram 42.077 mil inscritos disputando uma das 70 vagas em todo o país. Isso representa uma concorrência consideravelmente grande de 601 candidatos por vaga.

Todos os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva composta por 80 questões de múltipla escolha, sendo 30 de conhecimentos básicos e 50 de conhecimentos específicos.

As disciplinas cobradas nas questões de conhecimentos básicos foram: língua portuguesa, noções de informática, legislação relacionada à defensoria pública, direito constitucional e direito administrativo.

Com informações do Jcconcursos

comentários Compartilhe:
Categoria: Editais

TJ/SP retifica edital do concurso público para escrevente técnico judiciário

comentários Compartilhe:

TJSP_logo

A Fundação Vunesp, organizadora responsável pela realização do concurso público para o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) para preenchimento de 345 vagas ao cargo de Escrevente Técnico Judiciário, publicou o edital de retificação que estende o prazo para solicitação da redução da taxa de inscrição até hoje, às 23h59 do dia 29 de janeiro de 2015.

TJSP_concurso_edital_retificado

Para concorrer ao cargo, o candidato deverá possuir ensino médio completo, com certificado devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. As lotações serão distribuídas entre nove Regiões Administrativas Judiciárias no interior do estado, sendo Araçatuba; Bauru; Campinas, Presidente Prudente; Ribeirão Preto; Santos; São José do Rio Preto, São José dos Campos e; Sorocaba.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pelo site da organizadora até às 16 horas do dia 6 de março de 2015. O valor da taxa de inscrição é de R$50,00 (cinquenta reais) e deverá ser recolhida por meio de boleto bancário em qualquer agência do sistema de compensação bancária até a data limite do encerramento das inscrições.

Clique AQUI para acessar o edital na íntegra.

para efetuar sua inscrição, clique AQUI.

 

comentários Compartilhe:
Categoria: Concursos no horizonte

Polícia Civil/SP planeja novo concurso com 3.176 vagas para diversos cargos

comentários Compartilhe:

PC-SP_logo

A Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC-SP) enviou recentemente uma solicitação a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP) solicitando 3.176 vagas para o ano de 2015, entretanto, para que seja aprovado pelo governo, o pedido deverá ainda passar por uma série de etapas, incluindo verificação orçamentária.

Parte destas vagas serão destinadas à nomeações dos aprovados no último certame, ainda vigente. A expectativa é que o governador Geraldo Alckimin autorize a realização do certame até o final deste primeiro semestre para que o edital possa ser lançado até final do ano.

Segundo o diretor da Divisão de Administração de Pessoal do órgão, Glaucus Vinicius Silva, um levantamento deverá ser realizado sobre a necessidade de pessoal para todos os cargos já que outros concursos estão em fase de conclusão, devendo encerrar ainda este ano. Somete após essa verificação será possível saber o número de vagas a serem ofertadas em novos concursos.

Além disso, várias aposentadorias estão previstas no decorrer dos próximos anos, principalmente após a presidente Dilma Rousseff sancionar a Lei Complementar 144/2014 que reduz a idade para aposentadoria compulsória do serviço policial de 70 para 65 anos.

Conforme consta no pedido, das 3.176 vagas, 439 serão destinadas a cargos de nível fundamental, 412 para nível médio e 2.325 para ensino superior, distribuídas da seguinte forma:

Nível Fundamental - agente policial (249 vagas), auxiliar de papiloscopista (30), atendente de necrotério (54) e auxiliar de papiloscopista policial (106).

Nível Médio - papiloscopista policial (72), agente de telecomunicações policial (252), auxiliar de necropsia (36), desenhista técnico pericial (11) e fotógrafo técnico pericial (41).

Nível Superior - escrivão de polícia (922), investigador de polícia (985), médico legista (68), perito criminal (129) e delegado de polícia (221).

O salário inicial para os cargos de nível fundamental é de R$ 3.336,86, incluindo o adicional de insalubridade no valor de R$543,26. Para nível médio, os iniciais são de R$3.995,04, já com o adicional. Já para os cargos de nível superior, as remunerações são de R$4.018,16 para investigador e escrivão, R$8.510,24 para médico legista e perito e R$8.795,85 para o cargo de delegado.

Com informações do Jcconcursos

comentários Compartilhe:
Categoria: Concorrência, Cursos

Concurso do Banco do Brasil registra recorde no número de inscrições!

comentários Compartilhe:

BB_logo

Uma notícia um tanto quanto preocupante para quem irá participar do concurso do Banco do Brasil. Cerca de 535 mil pessoas candidataram-se ao cargo de escriturário do banco, um número recorde de inscrições para esta região que abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Este número representa um aumento de 58% no número de inscrições se comparado com o último concurso realizado em 2012 para a mesma região, que contou com aproximadamente 338 mil inscritos.

Do total, jovens com menos de 25 anos representam 51% dos inscritos. Outra curiosidade é que, apesar do cargo exigir nível médio, a grande maioria das inscrições, cerca de 66%, foram feitas por pessoas cujo nível de escolaridade está cursando ou já concluiu nível superior, inclusive com especialização, mestrado e doutorado. Ou seja, uma grande parcela dos candidatos, teoricamente, está bem preparada para concorrer a vaga.

Além disto, 33% dos inscritos informaram possuir nível avançado em outro idioma, o que significa um “plus” para o candidato, já que a partir deste ano, a língua inglesa foi novamente inserida no conteúdo programático. Cerca de 61% do total de inscritos está empregada.

Além da inserção do idioma de inglês no concurso, outra novidade tem estréia na seleção. Do total de vagas ofertadas, 20% será reservada a candidatos que se auto declararem negros ou pardos.

Com estas novidades, os candidatos que vão concorrer a uma das vagas, por uma questão lógica, começam a ficar preocupados, não só pela concorrência que gira em torno de 214 candidatos por vaga, mas também pela excelente qualificação dos concorrentes que, ao que tudo indica, terão mais chances de alcançarem aprovação do que quem possui apenas nível médio.

No entanto, isto não quer dizer que tais dados irão ensejar um número de aprovações acima do habitual. Não basta o candidato ter curso superior, ser fluente em outro idioma e não estudar especificamente para determinado concurso. Qualquer vaga que um indivíduo tenha pretensão de concorrer, deverá, no mínimo, se dedicar a estudar o programa proposto pela banca. Se não o fizer, obviamente estará fadado ao fracasso.

E o qual a razão do número de inscritos ter tido um incremento tão alto e fora do habitual?

A atual crise financeira, a instabilidade de emprego em empresas privadas e a incerteza que gira em torno do futuro do país, principalmente em relação ao destino dos trabalhadores regidos pela CLT, tem ensejado cada vez mais pessoas a desejarem ingressar na carreira pública.

Clichê, mas o fato é: a segurança que cargos públicos proporcionam como bons salários, possibilidade de ascensão na carreira e uma aposentadoria tranquila, combinado com o conjunto de medidas econômicas do atual governo, tem arrebanhado futuros concorrentes na disputa por uma das vagas ofertadas em concursos públicos em todo o país.

O ideal, diante do quadro atual, é que o candidato se dedique com foco, disciplina e muita determinação caso queira ter chances reais de conquistar a tão sonhada aprovação.

Com informações do bb.com

Quem ainda não começou a se preparar, ainda dá tempo!

O CERS oferece um curso específico para o cargo de escriturário do Banco do Brasil. Para tanto, o CERS escalou uma equipe especial de professores para transmitir as últimas dicas e resolver questões da banca da Fundação CESGRANRIO, a fim de preparar os candidatos para este certame.

Nesse curso, acompanhe os professores especialistas em concursos para a área bancária numa grande revisão dos principais pontos do programa por meio da resolução de questões e da transmissão de dicas especiais. Caso a matéria não disponha de questões anteriores, poderá o professor analisar os pontos do programa por meio de explicação teórica. Este é um curso essencial para quem se prepara para o concurso do Banco do Brasil.

Confiram abaixo:

BANCO DO BRASIL 2015 – PROJETO UTI DE RESOLUÇÃO DE QUESTÕES E/OU DICAS PARA O CARGO DE ESCRITURÁRIO

curso_BB_2015

O curso será composto de 33 encontros, de aproximadamente 02 horas cada encontro, distribuídos da seguinte forma:

curso_BB_cronograma_2015

Valor Normal: R$ 465,00 (quatrocentos e sessenta e cinco reais).

Não percam tempo e façam já sua matrícula!

comentários Compartilhe:
Categoria: Concursos no horizonte

MPRJ anuncia criação de novos cargos para o órgão. Concurso deverá ser realizado ainda este ano

comentários Compartilhe:

MPRJ_logo

O governador do estado do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), anunciou no dia 5 de janeiro que Marfan Martins Vieira será reconduzido ao cargo de procurador-geral de Justiça. Marfan que atuou como procurador pela primeira vez em 2005 e foi reeleito em 2007 e 2009, com a nova nomeação ficará no cargo até 2017.

Em entrevista concedida à Folha Dirigida, Marfan revelou que, após analisar um levantamento realizado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), considerando o orçamento e número de membros, o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) opera com um número insuficiente de servidores.

“Essa insuficiência já vinha ficando evidenciada pela própria reivindicação que vinha da base, dos membros (promotores), que acabou referendada pelos estudos do CNMP. Então, nós necessitamos urgentemente reforçar o quadro permanente dos serviços auxiliares do MP-RJ, para dar um melhor suporte à carreira”, informou o procurador-geral.

Marfan confirmou ainda que apesar dos problemas econômicos que o estado enfrenta, um novo concurso público será realizado ainda este ano para recompor o quadro de servidores do órgão que, segundo ele: “Sem isso, a instituição para”. No entanto, não há definição sobre a data e quais cargos seriam contemplados com o novo certame, mas o procurador garante que a seleção ocorrerá previsivelmente neste início de ano.

O procurador explicou ainda que a instituição tem autonomia para realizar novos concursos públicos a critério do órgão, no entanto, em nome dessa autonomia, não pode deliberadamente realizar novas contratações em desconformidade com a política do estado no que se refere às finanças.

“Hoje, o estado vive uma situação difícil, complicada. Pela primeira vez, depois de muitos anos, houve atraso de pagamentos, inclusive de pessoal. A Defensoria Pública só recebeu no dia 7. Nós aqui recebemos, mas tivemos problemas, por exemplo, com repasse no fim do ano passado. Houve um problema, nós tivemos que negociar com o governo e abrir mão de uma certa parte do valor desse repasse exatamente para sanear o problema econômico do estado. Essa realizada é adversa e nos inibe um pouco de fazer qualquer tipo de encaminhamento neste momento. No entanto, já está negociado; já avisei ao governador que, no curso deste semestre, eu tenho que, necessariamente, encaminhar um projeto de lei à Alerj criando cargos para o quadro permanente do serviço auxiliar do Ministério Público.”, explicou Marfan.

Em relação à criação de cargos, o procurador informa que serão criados aproximadamente 200 cargos, possivelmente metade destes serão de nível médio para o cargo de Técnico Administrativo e mais 15 ou 20 vagas para a função de Técnico de Notificação e Atos Notórios.

Além disto, o órgão necessita com urgência de aproximadamente 60 cargos de Analista Processual para corrigir um problema. Muitos servidores comissionados estão desviados de suas funções e ocupando cargos de segundo grau, o que não deveria estar acontecendo. Novos cargos de analistas precisam ser criados para ocupar estas vagas.

Para promotor de justiça não há previsão de concurso para este ano em razão de não haver cargos vagos. Atualmente há somente uma vaga ociosa, por esta razão e pela urgência de composição no quadro de servidores, o que é prioridade no momento, a seleção para o cargo de promotor deverá ocorrer somente em 2016. Marfan informou que esta discussão ocorrerá daqui alguns meses, quando possivelmente haverá vacância de 7 ou 8 vagas para o cargo.

O procurador reiterou a necessidade urgente da realização de um novo concurso e que tal medida não pode ser postergada em razão da carência de pessoal que o órgão enfrenta, sendo uma das reclamações mais recorrentes nas diversas comarcas do estado por parte de seus membros.

“Nós temos um quadro de servidores que é insuficiente. E essa insuficiência já vinha ficando evidenciada pela própria reivindicação que vinha da base, dos membros, que acabou referendada pelos estudos do CNMP. Então, nós necessitamos urgentemente reforçar o quadro permanente dos serviços auxiliares do MP-RJ, para dar um melhor suporte à carreira. Para que o MP-RJ possa exercer com maior eficiência, com maior efetividade a sua atividade-fim, é necessário que ele seja dotado de apoio de recursos humanos adequados. Nós vamos começar por aí, com o concurso que vai ser feito.”

Como a validade do último certame realizado no ano de 2011 encontra-se vigente, o procurador informou que haverá convocação dos aprovados até que se possa efetivamente dar andamento a um novo processo seletivo.

Ao ser questionado se a comissão do novo concurso já foi definida, o procurador explica que está sendo realizado um levantamento sobre o quantitativo de cargos que serão necessários para compor o quadro de servidores e que até o momento não há nada concluído.

Os estudos estão sendo realizados e assim que estiverem concluídos, um anteprojeto será encaminhado ao órgão especial de colegiados. Uma vez aprovado pelo órgão interno do MPRJ, o projeto será encaminhado para a Assembléia Legislativa para que se torne lei. Após sancionado pelo governador, o concurso será imediatamente realizado.

O procurador orienta ainda que os interessados em participar do certame iniciem os estudos desde já pois o compromisso firmado por ele para realização de um novo concurso será cumprido para que a instituição desenvolva o trabalho de forma mais plena e eficaz.

Com informações da Folha Dirigida

comentários Compartilhe:
Categoria: Notícias, Problemas em concursos

Concurso da Polícia Civil do Ceará pode ter sido fraudado!

comentários Compartilhe:

pcce

Fortes indícios dão conta que pode ter havido fraude no Concurso da Polícia Civil do estado do Ceará (PC/CE). Segundo informações de Robério de Carvalho, advogado da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Ceará (OAB-CE), um dos candidatos teria publicado uma foto do caderno de provas em sua página no Facebook.

A foto foi publicada por volta das 20 horas, após o término da prova, tendo sido compartilhada por mais duas pessoas. Ocorre que nenhum candidato poderia estar em posse do caderno de provas, mesmo ao final do exame, já que havia proibição expressa no edital.

Confiram abaixo:

PCCE_concurso_item_edital

 

Ainda segundo o advogado, foi instaurado inquérito policial da Delegacia de Defraudações e Falsificações para apurar o caso.

“O inquérito vai apurar se simplesmente ele (candidato) postou a foto ou se também passou para outras pessoas durante a prova”, explica Carvalho.

O candidato que supostamente cometeu a referida fraude, já foi desclassificado do certame, no entanto, não há maiores informações se a prova teria sido repassada para outros candidatos. O advogado salientou ainda que todas as informações estão sendo colhidas com cautela para que as investigações não sejam prejudicadas.

Por meio de nota, o delegado geral da Polícia Civil, Andrade Junior, confirmou a instauração do inquérito e disse que tomou todas as medidas necessárias logo que tomou conhecimento sobre o fato.

Este não é o primeiro problema ocorrido neste concurso. No início do mês o  Ministério Público do Ceará (MP-CE) ajuizou uma ação civil pública solicitando que adequações fossem feitas no edital de abertura do concurso. O motivo teria sido irregularidade contida no edital em relação à prova de capacitação física para os cargos de delegado e inspetor.

MP pede suspensão do concurso público da Polícia Civil do Ceará!

A Fundação Vunesp, organizadora do certame, não se manifestou sobre o caso até o momento.

Vamos acompanhar!

Com informações do O Povo

comentários Compartilhe:
Categoria: Editais

TRT15 lança novo concurso público com vagas para nível médio e superior

comentários Compartilhe:

trt15_sede

O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT15) publicou o edital de abertura de seu novo concurso público destinado ao provimento de 63 vagas mais formação de cadastro reserva de cargos/áreas/especialidades de nível superior e médio com salários que variam entre R$5.425,79 e R$8.863,84. A Fundação Carlos Chagas (FCC) é a organizadora responsável pela realização do certame.

Confiram os cargos no quadro abaixo:

TRT15_quadro de vagas_ concurso 2015

Quem pretende concorrer ao cargo de analista deverá, dentre outros requisitos, possuir curso superior completo na área referente ao cargo. Para nível médio, será exigido certificado de conclusão do ensino médio, além de outras exigências de acordo com a área de atuação.

Para acessar o edital de abertura, clique AQUI

Inscrições

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente no endereço eletrônico da organizadora no período das 10 horas do dia 04 de fevereiro às 14 horas do dia 10 de março de 2015 (observado o horário de Brasília).

O valor da taxa de inscrição é de R$107,97 (cento e sete reais e noventa e sete centavos) para os cargos de Analista Judiciário e R$87,97 (oitenta e sete reais e noventa e sete centavos) para os cargos de Técnico Judiciário. O pagamento deverá ser feito através de boleto bancário exclusivamente nas agências do Banco do Brasil até a data limite do encerramento das inscrições.

Provas

Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva composta por 60 questões de múltipla escolha versando sobre as disciplinas constantes no edital. Importante observar que concursos para tribunais, via de regra, trazem no edital um conteúdo programático bastante extenso, o que não ocorreu neste concurso.

TRT15_provas_ concurso 2015

Apesar do conteúdo programático ser relativamente menor que o habitual, é importante ressaltar que não se trata de um concurso fácil e está longe de ser. Quanto maior a dedicação e comprometimento, maior será a chance do candidato lograr êxito.

As provas serão aplicadas para todos os cargos na data provável do dia 19 de abril de 2015 na cidade de Campinas/SP.

comentários Compartilhe:
Categoria: Concurso TJ, Cursos, Editais

TJ/SP lança novo concurso público com 345 vagas para escrevente técnico judiciário

comentários Compartilhe:

TJSP_logo

O Tribunal de Justiça do estado de São paulo (TJ-SP) publicou o edital de abertura de seu novo concurso público para provimento de 345 vagas para o cargo de escrevente técnico judiciário com remuneração inicial de R$3.878,07. A Fundação Vunesp é a organizadora responsável pela realização do certame.

Edital de Abertura

Para concorrer ao cargo, o candidato deverá possuir ensino médio completo, com certificado devidamente registrado e fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. As lotações serão distribuídas entre nove Regiões Administrativas Judiciárias no interior do estado, sendo Araçatuba; Bauru; Campinas, Presidente Prudente; Ribeirão Preto; Santos; São José do Rio Preto, São José dos Campos e; Sorocaba.

As inscrições deverão ser feitas a partir de hoje, dia 26 até às 16 horas do dia 6 de março de 2015. O valor da taxa de inscrição é de R$50,00 (cinquenta reais) e deverá ser recolhida por meio de boleto bancário em qualquer agência do sistema de compensação bancária até a data limite do encerramento das inscrições.

O concurso será dividido em duas etapas que consistirá na aplicação de uma prova objetiva e prova de digitação. A prova objetiva será composta por 100 questões objetivas de múltipla escolha, com cinco alternativas cada e versarão sobre as disciplinas constantes no conteúdo programático no edital, distribuídas em três blocos da seguinte forma:

BLOCO I : língua portuguesa;

BLOCO II: conhecimentos em direito;

BLOCO III: conhecimentos gerais (atualidades, matemática, informática e raciocínio lógico).

Já a prova prática de formatação e digitação, de caráter eliminatório, consistirá na formatação de um texto pré-definido e na transcrição de um texto impresso.

Com o objetivo de auxiliá-los nos estudos, o CERS lançou um curso específico para revisar os principais pontos do edital. Para tanto, o CERS escalou uma equipe de professores experientes em concursos para tribunais de justiça, os quais abordarão os principais e mais importantes conteúdos cobrados no edital, partindo sempre da resolução de questões da VUNESP para os comentários teóricos a fim de consolidar o conhecimento dos candidatos.

Confiram abaixo:

CURSO ONLINE PARA ESCREVENTE TÉCNICO DO TJ/SP 2015 – PROJETO UTI DE DICAS E QUESTÕES

curso_TJSP_escrevente2015

O curso será composto de 36 encontros de 02 horas, sendo cada encontro dividido em 4 blocos de 30 minutos, de acordo com a seguinte carga horária:

curso_TJSP_escrevente2015_ementa

Valor Normal:  ̶R̶$̶4̶6̶8̶,̶0̶0̶ ̶(̶q̶u̶a̶t̶r̶o̶c̶e̶n̶t̶o̶s̶ ̶e̶ ̶s̶e̶s̶s̶e̶n̶t̶a̶ ̶e̶ ̶o̶i̶t̶o̶ ̶r̶e̶a̶i̶s̶)̶

Valor Promocional: R$374,00 (trezentos e setenta e quatro reais) até 15/02/2015.

Não percam tempo e comecem já os estudos!

comentários Compartilhe: