Categoria: Notícias

Comissão aprova projeto que cria 611 cargos efetivos e 1.216 funções comissionadas no TRT/SP

comentários Compartilhe:

TRT-2-SP

A Comissão de Trabalho aprovou ontem (22) em reunião deliberativa ordinária o Projeto de Lei nº 8307/14, de autoria do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que cria cargos efetivos e funções comissionadas no Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, com sede em São Paulo – SP.

O Projeto prevê a criação de 611 cargos de provimento efetivo, sendo 407 cargos de Analista Judiciário e 204 de Técnicos Judiciários, além de 1.216 funções comissionadas.

O relator, Deputado Laércio Oliveira (SD/SE) deu parecer favorável ao Projeto, que agora segue pra as Comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Fonte: Agência Câmara

Confiram abaixo a redação da PL 8307/2014 na íntegra:

PL-8307-2014

comentários Compartilhe:
Categoria: Resultados

Banco do Brasil divulga lista de aprovados no concurso para escriturário

comentários Compartilhe:

BB_sede

O Banco do Brasil divulgou nesta quarta-feira (4) o resultado definitivo do concurso para o cargo de escriturário. As provas foram aplicadas no dia 15 de março de 2015. A lista de aprovados foi publicada nesta manhã no Diário Oficial da União.

Confiram o resultado clicando aqui

Foram ao todo 535 mil inscritos, um número recorde para esta região que abrange os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Este número representa um aumento de 58% no número de inscrições se comparado com o último concurso realizado em 2012 para a mesma região, que contou com aproximadamente 338 mil inscritos.

Do total, jovens com menos de 25 anos representaram 51% dos inscritos. Outra curiosidade é que, apesar do cargo exigir nível médio, a grande maioria das inscrições, cerca de 66%, foram feitas por pessoas cujo nível de escolaridade está cursando ou já concluiu nível superior, inclusive com especialização, mestrado e doutorado.

Além disto, 33% dos inscritos informaram possuir nível avançado em outro idioma, o que significou um “plus” para o candidato, já que a partir deste ano, a língua inglesa foi novamente inserida no conteúdo programático. Cerca de 61% dos candidatos estavam empregados no momento da inscrição.

O concurso

O concurso foi destinado ao provimento de 2499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário, as quais deverão ser preenchidas no decorrer da validade do certame. O salário inicial é de de R$2.227,26 por uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Para concorrer ao cargo, o candidato deveria ter idade mínima de 18 (dezoito) anos e possuir certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação.

O concurso foi dividido em duas etapas: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório e prova de redação, de caráter apenas eliminatório. A prova objetiva foi composta por 70 questões de múltipla escolha que versarão sobre as seguintes disciplinas de Língua Portuguesa (10 questões); Raciocínio Lógico-Matemático (10 questões); Atualidades do Mercado Financeiro (5 questões); Cultura Organizacional (5 questões); Técnicas de Vendas (10 questões); Atendimento (10 questões); Domínio Produtivo da Informática: 5 questões); Conhecimentos Bancários (10 questões); Língua Inglesa (5 questões).

A disciplina de inglês, que havia sido retirada do conteúdo programático, voltou a ser cobrada este ano. Apesar disso, muitos concurseiros não se deram conta do que isso significava e acabaram deixando a disciplina de lado, talvez, pensando que o que aprendeu na escola fosse suficiente para ganhar alguns pontos na prova. E isso foi um erro!

No geral, apesar da prova ter cobrado temas em conformidade com o conteúdo programático do edital, estava muito difícil. Segundo relato dos candidatos, as questões de inglês estavam em modo “hard”. Muitos deles disseram que deixaram parte da prova em branco em razão do grau de dificuldade das questões que traziam anunciados longos e complexos.

O concurso realizado no Rio de Janeiro para o cargo de escriturário irá expirar em 26 de setembro de 2015, assim, seguindo a lógica, o edital deverá ser publicado a partir do inicio do segundo semestre deste ano. O certame irá ofertar vagas os estados do Rio de Janeiro, Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Com informações do G1

comentários Compartilhe:
Categoria: Notícias

Fim do fator previdenciário e redução da jornada de trabalho deverão ser votados ainda essa semana pela Câmara

comentários Compartilhe:

carteira-de-trabalho1

Vários projetos ligados aos direitos dos trabalhadores aguardam análise na Câmara dos Deputados. Entre os itens em discussão no Congresso estão a redução da jornada de trabalho de 44 para 40 horas semanais (PEC 231/95); o fim do fator previdenciário (PL 3299/08); o fim da contribuição previdenciária de servidores aposentados (PEC 555/06); e a política de valorização do salário mínimo (PL 7185/14 e MP 672/15).

Somente na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), mais de 150 proposições trabalhistas aguardam votação. São pedidos que vão desde a tradicional pauta por aumento salarial até a regulamentação de leis e o reconhecimento de convenções internacionais.

De outro lado, a bancada sindicalista luta contra propostas como a Lei da Terceirização (PL 4330/04). Aprovado na Câmara neste mês de abril e agora em análise no Senado, o projeto ainda gera polêmica. Centrais sindicais são contrárias à terceirização da atividade-fim, enquanto deputados como Darcísio Perondi (PMDB-RS) dizem que o texto assegura direitos dos trabalhadores.

“Eu ouvi aqui líderes dizendo que os direitos trabalhistas vão ser enterrados. É o contrário. [Esses direitos] estão absolutamente assegurados”, disse Perondi. “E mais: hoje tem algum terceirizado constrangido numa empresa contratada? O relator colocou de forma competente os mesmos benefícios de ambulatório médico, de transporte, de refeitório.”

MPs do ajuste fiscal

Outras propostas na pauta de votações devem dar seguimento às divergências. É o caso das medidas provisórias editadas para equilibrar as contas do governo que serão analisadas nas próximas semanas. O deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), presidente nacional do Solidariedade e ex-dirigente sindical, disse que está focado na derrubada das MPs porque elas retiram direitos dos trabalhadores.

“As MPs praticamente destroem o seguro-desemprego. As pessoas terão muita dificuldade em receber o seguro-desemprego, um direito sagrado”, afirmou o deputado. “As MPs também dificultam a vida de 23 milhões de pessoas que tinham direito ao PIS e dificultam o acesso ao seguro defeso do pescador, além da pensão por morte. As pessoas terão muita dificuldade para receber pensão por morte.”

Correlação de forças

Para o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), a lei da terceirização e as medidas provisórias representam risco de prejuízos aos trabalhadores. “É com uma bancada diminuta que os trabalhadores resistem no Congresso a uma série de iniciativas do governo, as MPs 664 e 665, e do próprio Congresso, no caso do projeto da terceirização”, disse o analista político e diretor de Documentação do Diap, Antônio Augusto de Queiroz.

“Os trabalhadores entram nessa disputa numa correlação de forma muito desfavorável. Se o governo não se dispuser a negociar – no caso das medidas provisórias – ou não ajudar no sentido de equilibrar as forças – no que diz respeito à terceirização – haverá claramente prejuízo aos trabalhadores”, afirmou Queiroz.

Segundo Queiroz, o desequilíbrio de forças entre os interesses dos trabalhadores e patrões se revela com a composição das bancadas representativas das categorias na Câmara. Nesta legislatura, conforme estudo do Diap, a bancada sindicalista passou de 83 para 51 cadeiras, enquanto a bancada empresarial conta com 240.

Fonte: Agência Câmara

Confiram abaixo a íntegra das propostas:

comentários Compartilhe:
Categoria: Editais

TRT da 16ª Região abre novo concurso público para juiz substituto

comentários Compartilhe:

malhete

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (TRT16) que abrange o estado do Maranhão, publicou o edital de seu novo concurso público para provimento de três vagas, mais formação do cadastro de reserva, para juiz do trabalho substituto. A remuneração inicial do cargo é de R$27.500,17.

Edital de abertura

Para concorrer, o candidato deverá possuir formação no curso de direito, com diploma fornecido por instituição de ensino devidamente reconhecida pelo MEC e ter, no mínimo, três anos de atividade jurídica obtidas após a graduação.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pelo endereço eletrônico www.trt16.jus.br no período das 8 horas do dia 01 de junho até as 18 horas do dia 30 de junho de 2015. O valor da taxa de inscrição é de R$200,00 a qual deverá ser recolhida por meio de boleto bancário em qualquer agência do Banco do Brasil até a data de vencimento constante no documento.

O concurso compreenderá as seguintes etapas: prova objetiva, prova, discursiva, prova de sentença, sindicância da vida pregressa, exame de sanidade física e mental, prova oral e avaliação de títulos. A prova objetiva será aplicada previsivelmente no dia 30 de agosto de 2015.

Os candidatos aprovados em todas as etapas serão convocados para participar do curso de formação da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho (ENAMAT), na cidade de Brasília, em data a ser escolhida e divulgada posteriormente.

O concurso terá validade de dois anos contados a partir da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

comentários Compartilhe:
Categoria: Cursos

Último dia de mágica! O desconto de 30% nos cursos do Portal encerra hoje!

comentários Compartilhe:

fb[1]

Hoje é o último dia da promoção mágica do CERS!

Vocês podem adquirir nossos cursos com 30% de desconto até as 23h59 de hoje (30/04). Então, não perca tempo e garanta já seu curso preparatório com preços especiais.

Confiram abaixo alguns destaques:

Curso Preparatório para Carreira Jurídica 2015 Módulos I e II

Curso Completo para Analista de Tribunais do Trabalho 2015

Curso para Magistratura do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho 2015

Curso Completo para Advocacia Pública 2015

Conhecimentos Gerais/Básicos para Concursos de Tribunais 2015

Conhecimentos Específicos para Concursos de Tribunais do Trabalho 2015

Confiram ainda os Cursos do Novo CPC para você ficar atualizado sobre todas as relevantes mudanças presentes no processo civil brasileiro.

Vejam alguns deles:

O Novo Código de Processo Civil – Curso de Atualização em Direito Processual Civil

O Novo Código de Processo Civil e seus Reflexos para Concursos da Carreira Jurídica

O Novo Código de Processo Civil e as Mudanças Relevantes para Concursos de Tribunais

* Promoção válida para TODOS os cursos, exceto pós-graduação e livros digitais.

Entrem também no site do CERS e confiram os Cursos Preparatórios para OAB

www.cers.com.br

Participem!

comentários Compartilhe:
Categoria: Concurso TJ, Editais

TJ/SC lança novo concurso público com 14 vagas para juiz substituto

comentários Compartilhe:

magistrado

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) lançou um novo concurso público para provimento de 14 vagas para juiz substituto com remuneração inicial de R$22.521,20. A Fundação Carlos Chagas (FCC) é a organizadora responsável pela realização do certame.

Edital de abertura

Para concorrer o candidato deverá ter idade inferior a sessenta e cinco anos, possuir formação superior no curso de direito, com diploma fornecido por instituição de ensino devidamente reconhecida pelo MEC e três anos de atividade jurídica comprovada.

Inscrições

As inscrições deverão ser efetuadas exclusivamente via internet no período das 10 horas do dia 04 de maio às 23h59min do dia 02 de junho de 2015 (horário de Brasília/DF).

O valor da taxa de inscrição é de R$196,00 a qual deverá ser recolhida por meio de boleto bancário até a data limite de encerramento das inscrições (02/06/2015).

Provas

O concurso será realizado da seguinte forma: Fase de Seleção, de caráter eliminatório e classificatório; Fase de Títulos, de caráter exclusivamente classificatório; e Curso de formação para ingresso na carreira da magistratura, de caráter eliminatório e classificatório.

Na fase de seleção o candidato será submetido às seguintes avaliações: prova objetiva seletiva, prova discursiva e prova de sentença. O candidato aprovado nessas fases deverá realizar a inscrição definitiva para prosseguir na seleção, onde será avaliado por meio de sindicância da vida pregressa, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico e, por fim, prova oral.

A prova objetiva será composta por 100 questões de múltipla escolha com cinco alternativas cada que versarão sobre as disciplinas constantes no conteúdo programático do edital e divididas em blocos da seguinte forma:

BLOCO I – 35 questões – Direito Civil; Direito Processual Civil; Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente;

BLOCO II – 35 questões – Direito Penal; Direito Processual Penal; Direito Constitucional e Direito Eleitoral;

BLOCO III – 30 – questões – Direito Empresarial; Direito Tributário; Direito Administrativo e Direito Ambiental.

Confiram as datas previstas para aplicação das provas:

Prova Objetiva Seletiva: 12/07/2015;

Prova Discursiva: 10/10/2015;

Prova de Sentença -Sentença Cível: 11/10/2015;

Prova de Sentença - Sentença Criminal: 12/10/2015;

Prova Oral: início 20/04/2016

O concurso terá validade de dois anos contados a partir da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período um única vez a critério do tribunal.

comentários Compartilhe:
Categoria: Notícias

Ladrão curte postagem de ‘procura-se’ da polícia no facebook e é preso!

comentários Compartilhe:

1

Levi Charles Reardon roubou uma carteira e 4 folhas de cheques no Estado de Montana (EUA), e estava sendo procurado pela polícia que postou sua foto em uma página da instituição no Facebook, com direito a recompensa e tudo!

Não é que o “esperto” foi lá e curtiu a publicação?

Uma semana depois ele foi preso, e teve que comparecer ao tribunal para ser julgado pelo crime de falsificação.

Este precisa de um curso sobre como se comportar na redes sociais.

E, certamente, de um curso Começando do Zero de Direito Penal, do professor Geovane Moraes, para não vacilar mais desta forma! E olha que o curso está com 30% de desconto, de R$ 120,00 por R$ 84,00!

Com informações do site Terra.

comentários Compartilhe:
Categoria: Cursos

Mágica! O desconto de 30% nos cursos do Portal foi PRORROGADO!

comentários Compartilhe:

fb[1]

A promoção do CERS foi prorrogada!

Agora você tem mais dois dias para adquirir nossos cursos com 30% de desconto. Então, não perca tempo e garanta já seu curso preparatório com preços especiais.

Mas sejam rápidos, pois o desconto de 30% só vai até as 23h59 desta quinta-feira (30/04)!

Confiram abaixo alguns destaques:

Curso Preparatório para Carreira Jurídica 2015 Módulos I e II

Curso Completo para Analista de Tribunais do Trabalho 2015

Curso para Magistratura do Trabalho e o Ministério Público do Trabalho 2015

Curso Completo para Advocacia Pública 2015

Conhecimentos Gerais/Básicos para Concursos de Tribunais 2015

Conhecimentos Específicos para Concursos de Tribunais do Trabalho 2015

Confiram ainda os Cursos do Novo CPC para você ficar atualizado sobre todas as relevantes mudanças presentes no processo civil brasileiro.

Vejam alguns deles:

O Novo Código de Processo Civil – Curso de Atualização em Direito Processual Civil

O Novo Código de Processo Civil e seus Reflexos para Concursos da Carreira Jurídica

O Novo Código de Processo Civil e as Mudanças Relevantes para Concursos de Tribunais

* Promoção válida para TODOS os cursos, exceto pós-graduação e livros digitais.

Entrem também no site do CERS e confiram os Cursos Preparatórios para OAB

www.cers.com.br

Participem!

comentários Compartilhe:
Categoria: Sem categoria

CRO/MS abre novo concurso público com vagas para diversos cargos

comentários Compartilhe:

CRO_MS

O Conselho Regional de Odontologia do Mato Grosso do Sul (CRO/MS) publicou o edital de seu novo concurso para provimento de 12 vagas de preenchimento imediato, mais formação do cadastro de reserva, para diversos cargos com salários que chegam a R$1.500,00. A Fundação de Apoio à Pesquisa ao Ensino e a Cultura (Fapec) é a organizadora responsável pela realização do certame.

Edital de abertura

Para nível superior, as vagas são para os cargos de contador e analista administrativo. Candidatos com nível médio poderão concorrer aos cargos de auxiliar administrativo financeiro, auxiliar administrativo de secretaria e agente de fiscalização. Já para nível fundamental, haverá oferta apenas para serviços gerais. Os candidatos aprovados serão lotados nas cidades de Campo Grande, Três Lagoas, Dourados ou Corumbá.

Inscrições

As inscrições deverão ser efetuadas das 8 horas do dia 30 de abril de 2015 até às 23h59min do dia 21 de maio de 2015 (horário oficial de Mato Grosso do Sul).

O valor da taxa de inscrição é de R$120,00 para cargo que exige nível superior, R$70,00 para nível médio e R$50,00 para nível fundamental. As taxas deverão ser recolhidas por meio de boleto bancário até o primeiro dia útil após o encerramento das inscrições.

Provas

Os candidatos serão avaliados em uma única etapa que consistirá na aplicação de uma prova objetiva de múltipla escolha dividida na seguinte modalidade: Língua Portuguesa, Matemática, Conhecimentos Específicos e Redação.

CR)-MS_concurso2015_provas

O concurso terá validade de dois anos contados a partir da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado uma única vez por igual ou inferior período a critério do CRO/MS.

comentários Compartilhe:
Categoria: Inscrições

TRF1 encerra hoje as inscrições do concurso público com 228 vagas para juiz substituto

comentários Compartilhe:

malhete2

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região encerra hoje as inscrições do concurso público para provimento de 228 vagas para o cargo de Juiz Federal Substituto. Quem ainda não se inscreveu poderá fazê-lo até a meia-noite de hoje no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB), organizadora responsável pelo certame. A remuneração inicial é de R$23.997,19 .

Para efetuar sua inscrição, clique aqui.

Poderão concorrer candidatos que possuam diploma de bacharelado em direito há, no mínimo, três anos, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e ter, na ocasião da inscrição definitiva, três anos de atividade jurídica exercidos após a obtenção do grau de bacharel em Direito.

O valor da taxa de inscrição é de R$239,00 a qual deverá ser recolhida por meio de GRU – Guia de Recolhimento da União, em qualquer banco, lotérica ou agência dos correios até amanhã, dia 29 de abril de 2015.

Provas

O concurso será dividido em cinco etapas da seguinte forma:

Primeira etapa – inscrição preliminar, de caráter eliminatório, e prova objetiva seletiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Segunda etapa – duas provas escritas, de caráter eliminatório e classificatório, elaboradas e corrigidas pela Comissão de Concurso e diagramadas, impressas e aplicadas pela organizadora, sendo: uma prova escrita discursiva constituída de uma dissertação e duas questões, ou de quatro questões, a critério da Comissão de Concurso; e uma prova escrita constituída da lavratura de duas sentenças, em dias sucessivos, uma de natureza cível (1ª parte) e uma de natureza penal (2ª parte).

Terceira etapa – de responsabilidade da Comissão de Concurso, com as seguintes fases, de caráter eliminatório: inscrição definitiva; sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental; exame psicotécnico.

Quarta etapa – prova oral, de responsabilidade da Comissão de Concurso, de caráter eliminatório e classificatório;

Quinta etapa – avaliação de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva será composta por três blocos, totalizando 100 questões que versarão sobre as seguintes disciplinas:

Bloco I (40 questões): Direito Constitucional, Direito Previdenciário, Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Econômico e de Proteção ao Consumidor;

Bloco II (30 questões): Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial e Direito Financeiro e Tributário;

Bloco III (30 questões): Direito Administrativo, Direito Ambiental e Direito Internacional Público e Privado.

 

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período a critério do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

comentários Compartilhe: