Categoria: Como se preparar, Cursos

Pensando no concurso do TRF da 3ª Região? Confiram dicas importantes para alcançar aprovação

comentários Compartilhe:

Judge holding gavel in courtroom. Image shot 2010. Exact date unknown.

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região que abrange os estados do Mato Grosso do Sul e São Paulo publicou recentemente o edital de abertura de seu novo concurso público com 115 vagas para Juiz Federal Substituto. Atualmente, conforme a tabela de subsídio dos juízes federais, a remuneração inicial da função é de R$ 27.500,17.

TRF da 3ª Região abre inscrições de concurso público com 115 vagas para juiz substituto

E como se preparar para este certame?

Para auxiliá-los, vamos fazer uma breve análise do conteúdo programático no intuito de facilitar o planejamento dos estudos, levando em consideração que o lapso temporal daqui até a data da prova, aproximadamente 3 meses, é relativamente curto. No entanto, se houver DEDICAÇÃO e DISCIPLINA é possível montar um planejamento de estudos eficiente para esgotar as matérias, ou, no mínimo, se aproximar disto.

O tempo é CURTO e a oportunidade não deve ser desperdiçada!

Muito bem! Vamos então dar uma olhada nos pontos essenciais do edital de abertura, o que é fundamental para o candidato estar bem preparado na hora da prova.

Cargo, exercício e número de vagas

Serão ao todo 115 vagas para o cargo de Juiz Federal Substituto, que atuarão no âmbito da jurisdição do Tribunal Regional Federal da 3ª Região. Os candidatos aprovados poderão ser designados para exercício em quaisquer Varas Federais e Juizados Especiais Federais nos estados de São Paulo e Mato Grosso.

Para concorrer ao cargo, o candidato deverá, entre outros requisitos, ter nacionalidade brasileira ou portuguesa, possuir diploma do curso de direito e três anos de atividade jurídica comprovada exercidas após a obtenção do grau de bacharel em Direito. Em relação ao limite de idade, o edital não traz qualquer informação.

Provas

Os candidatos serão avaliados através de seis fases: prova objetiva seletiva, prova discursiva, prova prática de sentença de natureza cível, prova prática de sentença de natureza criminal, prova oral e, por fim, prova de títulos. A prova objetiva será dividida em três blocos e distribuídas da seguinte forma:

Bloco I – Direito Constitucional, Direito Previdenciário, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Econômico e de Proteção do Consumidor.

Bloco II – Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Financeiro e Tributário.

Bloco III – Direito Administrativo, Direito Ambiental e Direito Internacional Público e Privado.

Como se preparar

O candidato que pretende passar por todas as etapas do certame e conquistar o tão sonhado cargo de juiz deve abdicar de praticamente tudo que habitualmente faz, mudar completamente a rotina e dedicar-se com afinco, quase que exclusivamente aos estudos, caso queria ter chances REAIS de ser aprovado no concurso pretendido.

Vários ex-concurseiros que hoje se tornaram juízes, para chegar onde estão, abandonaram família, amigos e lazer. Muitos, para conciliar trabalho com o preparo, chegaram a renunciar das preciosas e indispensáveis horas de sono. No entanto, a totalidade deles assume não ter se arrependido após conquistar o cargo.

Especificamente, a carreira de juiz não é atrativa apenas pelo status e pelos salários que oferece, acima dos R$20 mil reais. Grande parte dos candidatos que almejam a carreira vislumbram a realização de um sonho.

Muito bem, e como se preparar para ter chances reais de aprovação? ESTUDAR MUITO!

Além da importância de se elaborar um planejamento de estudos adequado, buscar materiais de qualidade, bibliografias e cursos específicos direcionados a este tipo de concurso faz toda a diferença.

Para auxiliá-los na busca da tão sonhada aprovação, o CERS Cursos Online oferece aos seus alunos um curso especial de REVISÃO TEÓRICA, o qual abordará os principais pontos do programa constante no edital de abertura, referentes aos conteúdos programáticos dos blocos I, II e III.

CONCURSO PARA JUIZ FEDERAL SUBSTITUTO DA 3ª REGIÃO – CURSO DE REVISÃO TEÓRICA DOS PRINCIPAIS PONTOS DO EDITAL

As aulas são ministradas pela melhor equipe de professores do Brasil com vasta experiência na área jurídica, formada por juízes, promotores, procuradores e advogados especialistas.

Serão 38 encontros, totalizando 76 horas aula, a fim de deixar qualquer candidato plenamente capacitado para resolver as questões da prova seletiva objetiva, marcada para o dia 28 de fevereiro de 2016.

Concursos para magistratura são sempre muito difíceis, compostos por uma série de etapas que elimina grande parte dos candidatos logo nas primeiras avaliações, até os mais preparados. Ou seja, ingressar na carreira de juiz requer não só inteligência e dedicação, mas muita paciência e a capacidade de não se deixar abater por possíveis fracassos durante a trajetória.

Conquistar a tão sonhada aprovação requer, além de outros esforços, algo que pouquíssimos candidatos são capazes de determinar durante a busca pelo cargo almejado: RENÚNCIA. Dedicação, foco, planejamento de estudos e organização são elementos essenciais para quem almeja atingir um objetivo.

Não percam tempo e deem start nos estudos!

comentários Compartilhe:

Posts Relacionados