Categoria: Concursos no horizonte

Ministério do Trabalho e Emprego solicita concurso para 800 cargos de auditor fiscal!

comentários Compartilhe:

MTE_logo

O Ministro Manoel Dias enviou ao Ministério do Planejamento no dia 27 de maio uma solicitação de concurso para o preenchimento de 800 vagas de auditor-fiscal do trabalho. O cargo exige formação superior em qualquer área com diploma fornecido por instituição de ensino superior devidamente registrada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e oferece remuneração de R$14.965,00 com carga horária de 40 horas semanais.

Na solicitação enviada à ministra do planejamento, Mirian Belchior, foi anexada uma nota técnica assinada pela Secretaria de Inspeção do Trabalho e pela Coordenação Geral de Recursos Humanos do Ministério do Trabalho, informando a necessidade que um novo concurso público seja realizado em 2015.

Segundo o MTE, o atual quadro de servidores é insuficiente para atender a demanda e cumprir com os compromissos firmados com a Organização Mundial do Trabalho (OIT), ademais, a atual situação vem prejudicando os milhões de trabalhadores. O quadro atual conta com o número de 2.850 servidores, um número bem abaixo da necessidade do país, que é de 6.672.

A presidente do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais (SINAIT), Rosa Jorge, por meio da assessoria de imprensa, informou que a participação da entidade em todos os fóruns e instâncias foi fundamental para que as 800 vagas fossem solicitadas ao Ministério do Planejamento.

“Assumimos o risco de sermos repetitivos, mas enquanto não alcançarmos este objetivo não vamos mudar nossos argumentos. A carreira precisa ser recomposta, fortalecida, revitalizada, para garantir o cumprimento dos direitos conquistados, para reduzir acidentes, para preservar vidas, para evitar que trabalhadores sejam escravizados e que crianças sejam exploradas. O governo deve isso aos trabalhadores, que confiam no Ministério e num governo que se intitula ser ‘dos trabalhadores”.

No último concurso, realizado em 2013, foram providas apenas 100 vagas e teve como organizadora a CESPE/Unb. O certame foi dividido em três etapas: provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos (caráter eliminatório e classificatório); provas discursivas compreendendo: três questões discursivas, uma dissertação, três situações problema e um parecer técnico (caráter eliminatório e classificatório) e; sindicância de vida pregressa (caráter eliminatório).

Confiram aqui o edital completo do último concurso.

Para auxiliá-los nos estudos, o CERS preparou um curso exclusivamente focado nesse concurso, sendo composto por uma equipe de professores experientes em concursos da área fiscal, a fim de revisar a teoria dos principais pontos do conteúdo programático, de acordo com o último edital deste concurso, lançado em 2013.

CURSO COMPLETO TEÓRICO PARA AFT (AUDITOR FISCAL DO TRABALHO 2014/2015)

O curso será composto de 141 encontros de 02 horas, sendo cada encontro dividido em 4 blocos de 30 minutos, de acordo com a seguinte carga horária:

Curso AFT - CERS _ conteudo

Valor Normal: R$ 2.256,67 (dois mil, duzentos e cinquenta e seis reais e sessenta e sete centavos).

Valor durante a promoção #EuSouCERS: R$ 1.354,00!!

Bons estudos!!

Com informações da Folha Dirigida

comentários Compartilhe:

Posts Relacionados