Categoria: Concursos no horizonte

Correios poderá divulgar edital de concurso público até segunda-feira

comentários Compartilhe:

carteiro 700 ANDRÉ LESSA

Segundo informações obtidas junto ao setor de recrutamento da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), e fornecidas à Folha Dirigida, apesar da contratação da organizadora ainda estar sob análise, não foi descartada a possibilidade do novo concurso público ser lançado já no próximo dia 31, segunda-feira, uma vez que, definida a responsável pela organização, a divulgação do documento será imediata.

Ainda que o edital não seja publicado dentro do prazo previsto, informações sobre o certame serão divulgadas já na próxima semana, conforme já anunciado pela empresa no mês de julho. De acordo com as informações preliminares, serão ofertadas aproximadamente 2 mil vagas para o cargo de agente, nível médio, nas funções de carteiro e operador de triagem. A remuneração oferecida varia entre R$2.255,96 e R$2.592,46, podendo chegar a R$3 mil adicionados os benefícios.

Os aprovados serão lotados em diferentes regiões, sendo o Estado do Rio de Janeiro a receber o maior efetivo. Haverá oportunidades para São Paulo, Distrito Federal, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná e Santa Catarina.

As provas, segundo informações obtidas junto ao órgão, serão compostas por 40 ou 50 questões, as quais versarão sobre as disciplinas de Português, Matemática e Conhecimentos Gerais. Além da avaliação teórica, o candidato será submetido à Teste de Aptidão Física (TAF).

No final do ano passado, a Justiça do Trabalho determinou que os Correios deveriam contratar um número de aprovados correspondente à demanda de pessoal, que deveria ser definida através de um levantamento. De acordo com as federações que representam os trabalhadores da ECT, a empresa hoje trabalha com um déficit de pessoal entre 15 a 70 mil servidores, incluindo terceirizados.

A expectativa é que hajam muitas convocações apesar da oferta inicial de vagas. O presidente da empresa, Wagner Pinheiro, afirmou que durante o prazo de validade do certame, serão realizadas convocações acima da quantidade prevista. Ele informou que na seleção de 2011, foram ofertadas 7 mil vagas, no entanto, 20 mil contratações foram realizadas. Ao todo foram mais de 40 mil nomeações.

Último concurso

O último concurso realizado para os Correios foi em 2011 e teve como organizadora o Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe/UnB). Na oportunidade, foram ofertadas 9.190 vagas para os cargos de carteiro, atendente, operador de triagem e transbordo, analista de correios, médico do trabalho, auxiliar de enfermagem do trabalho, técnico em segurança do trabalho, analista de saúde, engenheiro de segurança do trabalho e enfermeiro do trabalho com salários que variavam entre R$ 1.003,57 e R$ 3.211,58.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas compostas por 120 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos, que versaram sobre as disciplinas de língua portuguesa, inglês (para alguns cargos), informática e administração pública, além de 70 questões de conhecimentos específicos.

Com informações da Folha Dirigida

comentários Compartilhe:

Posts Relacionados