Categoria: Concursos no horizonte

Autorizado novo concurso público para juiz substituto do TJ/PR

comentários Compartilhe:

Judge holding gavel in courtroom. Image shot 2010. Exact date unknown.

Mais uma grande oportunidade para os concurseiros paranaenses, especialmente da área jurídica.

O departamento da magistratura do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ/PR) divulgou um decreto expedido pelo presidente do tribunal, Paulo Roberto Vasconcelos, autorizando a realização de mais um concurso público para a carreira de juiz substituto.

Confiram abaixo:

13348976_1724733184449732_213041795_n

De acordo com a publicação, a realização de uma nova seleção é urgente e a expectativa é que sejam ofertadas vagas para preenchimento imediato, além de formação do cadastro de reserva.

Último concurso

O último concurso para o tribunal foi lançado este ano para provimento de 6 vagas, mais cadastro de reserva, para o mesmo cargo. A remuneração inicial da função para início de carreira é de R$21.657,46. Para concorrer a vaga, o candidato deveria possuir diploma do curso de Direito, além de três anos de atividade jurídica no momento da inscrição definitiva.

Os candidatos foram avaliados através de provas objetivas, provas escritas (teórica e prática), além de serem submetidos a outras etapas, sendo inscrição definitiva, prova oral e avaliação de títulos.

Como se preparar?

Concursos para magistratura são sempre muito difíceis, compostos por uma série de etapas que elimina grande parte dos candidatos logo nas primeiras avaliações, até os mais preparados. Ou seja, ingressar na carreira de juiz requer não só inteligência e dedicação, mas muita paciência e a capacidade de não se deixar abater por possíveis fracassos durante a trajetória.

Para se ter uma ideia, um grande número de reprovações vem sendo observado em tribunais de todo país, como exemplo do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) que lançou concurso para provimento de 92 vagas, mas, apenas 7 conseguiram chegar na etapa final. O concurso foi realizado pelo Cespe/UnB e eliminou desde a primeira fase 4.355 inscritos, causando um decréscimo na concorrência de 99,8%. Ou seja, das 20 vagas inicialmente oferecidas, 13 ficaram fora da disputa.

Isto vem ocorrendo em diversos outros concursos como do Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA), Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) e do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Em um dos últimos concursos realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho do Estado da Bahia (TRT-BA), que ofertava 7 vagas, nenhum dos 2,6 mil inscritos obteve classificação.

E como conquistar uma vaga com tamanho nível de dificuldade?

Como dito anteriormente, o candidato que pretende passar por todas as etapas do certame e conquistar o tão sonhado cargo de juiz deve abdicar de praticamente tudo que habitualmente faz, mudar completamente a rotina e dedicar-se com afinco, quase que exclusivamente aos estudos, caso queria ter chances reais, ainda que poucas, de ser aprovado no concurso pretendido.

Vários ex-concurseiros que hoje se tornaram juízes, para chegar onde estão, abandonaram família, amigos e lazer. Muitos, para conciliar trabalho com o preparo, chegaram a renunciar das preciosas e indispensáveis horas de sono. No entanto, a totalidade deles assume não ter se arrependido após conquistar o cargo.

Especificamente, a carreira de juiz não é atrativa apenas pelo status e pelos salários que oferece, acima dos R$20 mil reais. Grande parte dos candidatos que almejam a carreira vislumbram a realização de um sonho.

Muito bem, e como se preparar para ter chances reais de aprovação? ESTUDAR MUITO!

Além da importância de se elaborar um planejamento de estudos adequado, buscar materiais de qualidade, bibliografias e cursos específicos direcionados a este tipo de concurso faz toda a diferença.

Não percam tempo e deem start nos estudos!

comentários Compartilhe:

Posts Relacionados